SATCLUBE

Recepção de Canais Free-to-Air (FTA) e de canais fechados vindos dos Satélites
Marcos Benni  23.03.2021, 12h54

As transmissões de sinais que partem dos satélites podem ser de vídeo, de áudio e de streams de dados e de internet.
 
Os canais de vídeo e os de áudio são transmitidos de forma aberta e/ou de forma fechada, através de algum padrão de  encriptação. Os sinais de dados e os de internet também são transmitidos sob específica encriptação.
 
Os canais transmitidos de forma aberta são chamados de FTA, acrônimo de free-to-air (livres ao ar). Os canais transmitidos de forma fechada são chamados de codificados. A recepção dos canais FTA são, via de regra, de livre acesso. Assim são os canais das principais redes de TV do Brasil transmitidos e recebidos por milhões de antenas da Banda C em todo o território nacional. Os canais codificados são de acesso restrito, de acesso condicional e o acesso aos mesmos só pode ser realizado por aqueles que possuem equipamentos dedicados (dados e internet) ou receptores digitais com módulo de acesso condicional, obtidos através de assinatura. São os chamados serviços direct-to-home ou DTH.
 
Os principais serviços DTH conhecidos no Brasil e nos países da América latina são a SKY, a DirectTV, a Claro TV, a Movistar, Vivo TV, Nossa TV, BluTV, OI TV entre outras que oferecem variada grade de programação aos seus assinantes.

PARCEIROS
AVISO IMPORTANTE

Este site tem o objeivo de servir a estudantes, sathobistas e profissionais instaladores de antenas parabólicas espalhados por todo o território brasileiro e sul americano, transmitindo-lhes conhecimentos técnicos que os capacitem a alinhar suas antenas com os satélites que transmitem sinais na condição free-to-air (FTA). Mesmo os profissionais que atendem a operadoras de serviços DTH têm neste site uma base de informações para fazê-los capazes de instalarem suas antenas. Toda tentativa de busca de recepção não lícita ou não autorizada de canais encriptados, não FTA, não tem como base ensinamentos deste site.