5G: limpeza da banda C deve ir até 3720 MHz

Além da limpeza da banda C estendida (3625-3699 MHz), uma pequena faixa da banda C tradicional, entre 3700 e 3720 MHz, também deve ser desocupada.

É que essa faixa deve ficar para a banda de guarda, ou seja, não será usada nem pelo 5G nem pelos serviços fixos por satélite, para evitar interferências mútuas. 

Dos canais analógicos do StarOne D2 apenas a Globo faz parte da faixa em questão, uma vez que transmite em 3720 MHz (H). No entanto, ainda não é possível saber se a Globo terá que mudar de frequência. 

Se essa faixa for desocupada apenas após a conclusão da migração para a banda Ku, não será necessário migrar para uma frequência mais alta da banda C analógica do D2.

O cronograma da limpeza da banda C só será elaborado após a formação da EAF no ano que vem. 

A Embratel confirma que a limpeza se dará até 3720 MHz. "Os clientes (aplicações profissionais) que usam satélite poderão usar a banda C acima dessa frequência", explicou. 

 

Da Redação do Portal BSD: Lenildo da Silva 

PARCEIROS
AVISO IMPORTANTE

Este site tem o objetivo de servir a estudantes, sathobistas e profissionais instaladores de antenas parabólicas espalhados por todo o território brasileiro e sul-americano, transmitindo-lhes conhecimentos técnicos que os capacitem a alinhar suas antenas com os satélites que transmitem sinais na condição free-to-air (FTA). Mesmo os profissionais que atendem a operadoras de serviços DTH têm neste site uma base de informações para fazê-los capazes de instalarem suas antenas. Toda tentativa de busca de recepção não lícita ou não autorizada de canais encriptados, não FTA, não tem como base ensinamentos deste site.