TELETIME: 5G: Embratel oferece migração da banda C para Ku no mesmo satélite
Após o anúncio do lançamento do Star One D2 nesta semana, a Embratel afirma que está "pronta para migração das antenas parabólicas de banda C" para a banda Ku por conta da limpeza da faixa de 3,5 GHz para o 5G. O braço corporativo da Claro afirmou nesta sexta-feira, 23, que "já possui ampla capacidade em banda Ku para atender o mercado", e que o D2 trará mais transponders para esse espectro. 
 
A Embratel tem hoje o Star One C2, que abriga a maior parte dos canais abertos distribuídos via satélite na banda C. O satélite está posicionado em 70º Oeste, e atende atualmente a mais de 20 milhões de lares com sinal aberto de TV na banda C (ou seja, a TVRO). Mas o processo de implementação de 5G prevê a migração desses canais todos para a banda Ku, em um ou mais satélites. A vantagem do StarOne D2, que já viria para substituir o C2 na mesma posição orbital, é que ele terá também transponders em banda Ku e em tese poderia abrir os canais de TV na nova frequência mantendo o apontamento. 
 
No comunicado, a companhia do grupo Claro Brasil destaca que traz outras soluções para a radiodifusão. "Além de capacidade satelital, ainda investimos em tecnologias que suportam a troca de conteúdo, seja para entradas em tempo real ou envio de arquivos em alta velocidade, como redes móveis e Nuvem, para garantir ainda mais agilidade na transmissão e acesso ao conteúdo das emissoras", diz o diretor-executivo da Embratel, Gustavo Silbert.
 
Notícias relacionadas
Sindisat recorre ao TCU por indenização pela migração da banda C estendida
 
Radiodifusão via banda Ku não precisa de regulamentação, dizem Anatel e ministério
Com potência estimada de 19,2 KW e massa de lançamento de 7 toneladas, o Star One D2 vai adicionar capacidade também em banda Ka e banda X (para uso militar). Na banda C serão 28 transponders, enquanto na banda Ku haverá 24 transponders. A companhia espera atender ao parque das TVROs, TV por assinatura, backhaul de serviço móvel, dados, vídeo e Internet para clientes corporativos e de governo. 
 
O satélite será lançado na sexta-feira da semana que vem, dia 30, com transmissão ao vivo no canal do YouTube da Arianespace
 
PARCEIROS
AVISO IMPORTANTE

Este site tem o objetivo de servir a estudantes, sathobistas e profissionais instaladores de antenas parabólicas espalhados por todo o território brasileiro e sul-americano, transmitindo-lhes conhecimentos técnicos que os capacitem a alinhar suas antenas com os satélites que transmitem sinais na condição free-to-air (FTA). Mesmo os profissionais que atendem a operadoras de serviços DTH têm neste site uma base de informações para fazê-los capazes de instalarem suas antenas. Toda tentativa de busca de recepção não lícita ou não autorizada de canais encriptados, não FTA, não tem como base ensinamentos deste site.