f Portal BSD: Satélite - TV Digital - IPTV - 3DTV - INFOSAT BSD

Você está no fórum Satélite


Responder tópico
INFOSAT BSD
Pág. Anterior  1, 2, 3 ... 151, 152, 153

J. Roger
Varginha - MG
br.gif
Mensagem: #3041
25/10/2019, 21:03
Colaborador Canais

HeitorPosada escreveu:

A questão é a demagogia ambientalista. O maior problema da durabilidade dos satélites é a energia. Portanto, ideal a nuclear. As naves Voyager , lançadas nos anos 1970,ja sairam do sistema solar e continuam operando, graças
a sua energia nuclear.


Na verdade a energia não é mais o maior problema(no caso dos satélites) e sim o combustível para manobras, que é limitado. Quando ele acaba o satélite não consegue mais efetuar as manobras de correção de posição que são cruciais para seu correto funcionamento.
A energia tem sido um problema menor(não é mais o principal)devido à miniaturização dos equipamentos de comunicação, que aproveitam melhor a energia consumida, enquanto a evolução das baterias e dos painéis solares já resolveram parte deste problema, tanto que hoje já está sendo possível o uso em massa dos painéis fotovoltaicos como energia limpa/sustentável graças as tecnologias desenvolvidas para aperfeiçoar os paineis fotovoltáicos dos satélites e a evolução das baterias(com eletrólitos especiais para baterias de Lítio e a descoberta de novos materiais como o grafeno que prometem revolucionar ainda mais as baterias) e que atualmente já permite baterias com vida útil bem superior à média de vida útil da maioria dos satélites atuais, então, o que ainda não recebeu a evolução necessária parece ser mesmo a limitação do sistema de propulsão para manobras.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #3042
26/10/2019, 12:56

O pessoal está postando pouco. São 12:55 de 26/10/19 e nenhum comentario do dia.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #3043
28/11/2019, 16:34

RT Russia e Telesur, vem tendo problemas de cortes de sinal em paises que tem mudado de governos de Esquerda para de Direita. Cortes em retransmissões terrestres e DTHs pagas e talvez Internet. A recepção via satélite direto, é que é a solução nesses casos. E aí reside a questão da banda Ku, que facilitaria mais ainda , tendo em vista o uso de antenas de 60 cm, pequenas e baratas (até podem ficar ocultas, se preciso). Fizemos ver isso ao Minsitério do Exterior russo, que tem mencionado o corte da RT em alguns paises. Nesses paises havia retransmissão terrestre e via DTHs.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


IFonseca
São Luís - MA - Maranhão
Mensagem: #3044
30/11/2019, 19:12

Srs, tenho um motor posicionador compre novo aproximadamente 2 anos somente fui instalar agora, a principio funcionou os comandos agora nem manual nem remoto, alguém sabe informar como proceder?

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #3045
30/11/2019, 19:33

Os testes no Eutelsat 65 Ku, de dois MUX com a Tv Aparecida, parecem dizer respeito a futura operação da DTH norte americana Dish, no Brasil.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Glamar
Palmas - TO
Mensagem: #3046
12/12/2019, 16:04

Algum amigo poderia, por favor, postar um link de uma loja on-line onde eu posso encontrar hastes para antena chapa 1,5m focal point banda C?

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Andre Camargo
Itu - SP
br.gif
Mensagem: #3047
05/02/2020, 08:57
Colaborador Canais

A Band lançará um novo canal de agronegócio, eu vi essa notícia anteontem no Jornal da Band, e agora saiu a matéria:
https://tvefamosos.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2020/02/05/novo-canal-de-agronegocios-do-grupo-band-estara-no-ar-em-marco.htm

Se chamará AgroNews e terá um perfil diferente do Terra Viva (de leilões e etc), o AgroNews será de notícias e distribuído apenas na TV paga, isto é, pequena a chance de entrar no C2, se usarem distribuição por satélite devem usar um mais barato.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


J. Roger
Varginha - MG
br.gif
Mensagem: #3048
29/02/2020, 06:56
Colaborador Canais

HeitorPosada escreveu:
J. Roger escreveu:
MANUTENÇÃO DE SATÉLITES?!!!
Manobra promete dar mais cinco anos de vida ao IS 901


Enquanto a Space X mudou o cenário dos lançamentos de foguetes usando seu Falcon em repetidas idas e vindas ao espaço, a Space Logistics faz sua parte usando o Mission Extension Vehicle 1 (MEV 1), que subiu ao espaço nesta quarta (9) com o objetivo de reanimar o satélite de comunicações Intelsat 901 (IS 901), lançado em 9 de junho de 2001 (e com vida útil de 13 anos). A linha MEV consiste em espaçonaves projetadas para consertar, realinhar e abastecer satélites em órbita da Terra.
O MEV 1 precisará ainda de três meses e meio para subir até onde o IS 901 (agora quase sem combustível) está. Enquanto isso, os controladores da Intelsat enviarão comandos para o satélite elevar sua altitude em 300 quilômetros até a chamada órbita cemitério, onde a atracação vai acontecer (uma forma de reduzir o risco de outros satélites ativos serem atingidos por detritos espaciais, em caso de acidente).

Quando os dois se encontrarem, a 40 mil quilômetros da superfície da Terra, o MEV 1 se acoplará ao motor do velho satélite e, assumindo a propulsão, vai levá-lo a uma órbita geoestacionária. A partir de então, será do MEV 1 a manutenção orbital e as funções de controle de atitude.
No caso do IS 901, sua vida útil será de mais cinco anos. Ao fim deste período, ele será levado à órbita cemitério e o MEV 1, deslocado para outro trabalho, já que tem combustível suficiente para garantir mais de 15 anos de manutenção. Um ano de seus serviços custa US$ 13 milhões (cerca de R$ 53 milhões). A Space Logistics planeja lançar o MEV 2 em meados de 2020 para atender outro satélite da Intelsat, o Galaxy 30.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/146673-servico-robotico-manutencao-satelites-entra-orbita.htm

A questão é a demagogia ambientalista. O maior problema da durabilidade dos satélites é a energia. Portanto, ideal a nuclear. As naves Voyager , lançadas nos anos 1970,ja sairam do sistema solar e continuam operando, graças
a sua energia nuclear.

J. Roger escreveu:


Na verdade a energia não é mais o maior problema(no caso dos satélites) e sim o combustível para manobras, que é limitado. Quando ele acaba o satélite não consegue mais efetuar as manobras de correção de posição que são cruciais para seu correto funcionamento.
A energia tem sido um problema menor(não é mais o principal)devido à miniaturização dos equipamentos de comunicação, que aproveitam melhor a energia consumida, enquanto a evolução das baterias e dos painéis solares já resolveram parte deste problema, tanto que hoje já está sendo possível o uso em massa dos painéis fotovoltaicos como energia limpa/sustentável graças as tecnologias desenvolvidas para aperfeiçoar os paineis fotovoltáicos dos satélites e a evolução das baterias(com eletrólitos especiais para baterias de Lítio e a descoberta de novos materiais como o grafeno que prometem revolucionar ainda mais as baterias) e que atualmente já permite baterias com vida útil bem superior à média de vida útil da maioria dos satélites atuais, então, o que ainda não recebeu a evolução necessária parece ser mesmo a limitação do sistema de propulsão para manobras.


Primeira etapa da manutenção do satélite IS901 foi executada com sucesso.

Fonte: http://www.telesintese.com.br/missao-para-expansao-de-vida-de-satelite-da-intelsat-e-bem-sucedida/

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


kiko-at
Guanhães - Minas Gerais
br.gif
Mensagem: #3049
04/03/2020, 16:33

https://www.megacurioso.com.br/ciencia/113629-missao-inedita-consegue-salvar-satelite-de-virar-lixo-espacial.htm

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Página 153 de 153 Pág. Anterior  1, 2, 3 ... 151, 152, 153
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • TV Plus
  • E-Shop Satélite Crispim
  • VCFAZ
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br