f Portal BSD: Satélite - TV Digital - IPTV - 3DTV - IMPACTO DA INTERF. FAIXA DE 3,5 GHZ PEQUENO, INFO ANATEL

SatClube Fórum Patrocinado Por

Você está no fórum Satélite
Apoie-nos!!!

Doe mais que seu tempo e ajude o PORTAL BSD a se manter em atividade. Aqui, compartilhamos o conhecimento, mas precisamos dividir, igualmente, os custos do site.

CLIQUE AQUI e saiba mais detalhes de como nos ajudar.


Responder tópico
IMPACTO DA INTERF. FAIXA DE 3,5 GHZ PEQUENO, INFO ANATEL
Pág. Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Próximo

HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #101
14/08/2019, 07:52

O uso de frequencias muito altas em telefonia/radiocomunicação, melhora a qualidade e imunidade a interferencias; todavia restringe o alcance.Aumentam a frequencia, diminui o alcance. Para se ter uma ideia, minha cidade é de porte medio-pequeno. Estou a 3 km do Centro, onde ficam as principais ERB. Dificilmente chega sinal 4g de alguma operadora, por aqui. E ficam falando sobre implantação de 5g. Sinal da Tim, p. e., nem chega aqui.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


deivefabian
ARAPIRACA - ALAGOAS
br.gif
Mensagem: #102
14/08/2019, 11:22

HeitorPosada escreveu:
O uso de frequencias muito altas em telefonia/radiocomunicação, melhora a qualidade e imunidade a interferências; todavia restringe o alcance.Aumentam a frequência, diminui o alcance. Para se ter uma ideia, minha cidade é de porte medio-pequeno. Estou a 3 km do Centro, onde ficam as principais ERB. Dificilmente chega sinal 4g de alguma operadora, por aqui. E ficam falando sobre implantação de 5g. Sinal da Tim, p. e., nem chega aqui.


Concordo com você. Além disso, para corrigir a cobertura, serão implantados mais rádios, o que poluirá ainda mais o espectro, pois acredito que todo serviço de dados acaba interferindo em outras frequências mesmo não sendo as suas fundamentais, devido ao tipo de modulação, desde que esteja suficientemente próximas. Veja o exemplo de um rádio AM (540 ~ 1600Mhz )e um roteador de 2.4Ghz em sua volta... Já vi situações onde algum tipo de rádio numa torre de telefonia a 100m interfere na parabólica banda C. Cada caso é um caso e merece ser estudado. A operação de dados e telefonia em 3500Mhz pode até não inviabilizar, mas vai dar um trabalhão a muita gente, isso é certo.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


lucaschinamail
Arambaré - RS
Mensagem: #103
15/08/2019, 14:25

O problema da interferência é mais para algumas poucas residências, que devido sua posição geográfica, o apontamento pro satélite coincide ou fica muito próximo à um transceptor de 5G 3.5 GHz, além daquelas que mesmo não estando apontadas pro transceptor, estão muito perto dele.

Esses são a minoria dos 6.5 milhões de usuários, e esses poucos precisarão de novos LNBF's que filtrem frequências abaixo de 3620 MHz, e que esses LNBF's novos não captem em hipótese nenhuma qualquer sinal abaixo dos 3620 MHz, nem 1 MHz a mais, nem 1 MHz a menos.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #104
15/08/2019, 20:09

O normal é usar a partir de 3,7 GHz na banda C. Portanto , podem usar 3,5 ou até 3,6. E feixe satelital é muito estreito, direcional. Por outro lado, uma ERB que trabalha com frequencias maiores, usa potencias menores. No radiomadorismo quando usamos os 144/148MHz, precismos de no maximo 25 W ; ja quando estamos em HF, como entre 3,5 e 28 MHZ, o ideal minimo são 100 W.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Rodrigo Alves
Augustinópolis - Tocantins
br.gif
Mensagem: #105
28/08/2019, 03:30

http://www.telesintese.com.br/nao-ha-espaco-para-leilao-5g-sem-35-ghz-diz-aquino-da-anatel/

“NÃO HÁ ESPAÇO PARA LEILÃO 5G SEM 3,5 GHZ”, DIZ AQUINO, DA ANATEL

O conselheiro da Anatel, Vicente Aquino, afirmou hoje, 27, que a seu ver não faz sentido realizar um leilão de espectro destinado à 5G sem a frequência de 3,5 GHz.

“Essa faixa é a porta de entrada da 5G e já se discutiu que pudesse não ser licitada. A agência pode até deliberar de forma diversa, mas a minha opinião é que não há espaço para que não licitemos a faixa de 3,5 GHz”, disse durante palestra no Congresso Set Expo 2019, que acontece nesta semana em São Paulo.
[...]
Para radiodifusores, a saída definitiva é levar todos os canais hoje na banda C para a banda Ku. A Abratel e a Abert entregaram para Vicente Aguino, na última sexta-feira, 23, tal proposta. A visão das TVs é que, indo para a frequência mais alta, compatível com antenas DTH, em linha com a TVRO usada também na Europa e nos EUA, não haverá preocupação futura caso a Anatel decida, nos próximos anos, licitar também a banda C para a 5G.

“A única solução possível para interferência na TVRO doméstica é migrar os canais da banda C para a banda Ku, usar recursos do leilão para comprar de kits e fazer a publicidade do processo”, defendeu Wender Souza, representante da Abratel.
[...]

Parte de matéria publicada no site tele.sintese sobre a questão da convivência do 5G em 3,5ghz e parabólicas domésticas. Alguns setores se mostram dispostos a migrar a TVRO para a faixa KU. Ao meu ver seria uma boa saída o uso de tv aberta em banda KU, principalmente pelo uso de antenas pequenas.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #106
28/08/2019, 07:37

A banda C satelital interessa a partir de 3,7GHz. Portanto sem interferencias em 3,5. Tem LNB que ja corta bem abaixo de 3,7. Paea satélite direto as casas, a babda é a Ku, como ocorre em todo Hemisferio Norte, FTA.Agora, não ha kits para fomentar passagem a Ku FTA porque não existe difusão publica satelital, como na Tv terrestre. Sistenas satelitais são links ou de uso privado, como alugamos uma linha telefonica. É algo opcional e facultativo, liberalidade do detentor dos canais. Ja as DTHs pagas tem regras.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #107
28/08/2019, 15:57

Rodrigo Alves escreveu:
Para radiodifusores, a saída definitiva é levar todos os canais hoje na banda C para a banda Ku. A Abratel e a Abert entregaram para Vicente Aguino, na última sexta-feira, 23, tal proposta. A visão das TVs é que, indo para a frequência mais alta, compatível com antenas DTH, em linha com a TVRO usada também na Europa e nos EUA, não haverá preocupação futura caso a Anatel decida, nos próximos anos, licitar também a banda C para a 5G.

“A única solução possível para interferência na TVRO doméstica é migrar os canais da banda C para a banda Ku, usar recursos do leilão para comprar de kits e fazer a publicidade do processo”, defendeu Wender Souza, representante da Abratel.
[...]

Parte de matéria publicada no site tele.sintese sobre a questão da convivência do 5G em 3,5ghz e parabólicas domésticas. Alguns setores se mostram dispostos a migrar a TVRO para a faixa KU. Ao meu ver seria uma boa saída o uso de tv aberta em banda KU, principalmente pelo uso de antenas pequenas.


Misericórdia Senhor!!! Se isto realmente ocorresse de fato, eu desmontaria as minhas duas antenas Banda C, e mandaria as duas para o ferro velho. Que adianta ficar sobre o telhado, antenas teladas grandes de 2,85 mts que não servem para nada???

Eu que não vou ficar com antenas sem uso, se não me servem mais... lixo. Se a Banda C morrer para as TV abertas FTA, então que fiquemos aqui só com o Digital Terrestre. Está nos atendendo muito bem, obrigado.

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


JUNIOR FERNANDO
ROCA SALES - RS
br.gif
Mensagem: #108
28/08/2019, 23:20

Walter Sandes escreveu:
Rodrigo Alves escreveu:
Para radiodifusores, a saída definitiva é levar todos os canais hoje na banda C para a banda Ku. A Abratel e a Abert entregaram para Vicente Aguino, na última sexta-feira, 23, tal proposta. A visão das TVs é que, indo para a frequência mais alta, compatível com antenas DTH, em linha com a TVRO usada também na Europa e nos EUA, não haverá preocupação futura caso a Anatel decida, nos próximos anos, licitar também a banda C para a 5G.

“A única solução possível para interferência na TVRO doméstica é migrar os canais da banda C para a banda Ku, usar recursos do leilão para comprar de kits e fazer a publicidade do processo”, defendeu Wender Souza, representante da Abratel.
[...]

Parte de matéria publicada no site tele.sintese sobre a questão da convivência do 5G em 3,5ghz e parabólicas domésticas. Alguns setores se mostram dispostos a migrar a TVRO para a faixa KU. Ao meu ver seria uma boa saída o uso de tv aberta em banda KU, principalmente pelo uso de antenas pequenas.


Misericórdia Senhor!!! Se isto realmente ocorresse de fato, eu desmontaria as minhas duas antenas Banda C, e mandaria as duas para o ferro velho. Que adianta ficar sobre o telhado, antenas teladas grandes de 2,85 mts que não servem para nada???

Eu que não vou ficar com antenas sem uso, se não me servem mais... lixo. Se a Banda C morrer para as TV abertas FTA, então que fiquemos aqui só com o Digital Terrestre. Está nos atendendo muito bem, obrigado.

Abs,
Walter - Very Happy


OK OK Walter, aí onde você está neh, e aqui no meio do mato onde não existe digital terrestre, como é que ficamos, me dá uma luz???

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Rodrigo Alves
Augustinópolis - Tocantins
br.gif
Mensagem: #109
29/08/2019, 13:38

https://triangulonoticias.com/interferencia-do-5g-pode-levar-ao-fim-das-antenas-parabolicas/

Interferência do 5G pode levar ao fim das antenas parabólicas

22 milhões de brasileiros usam a antena parabólica de banda C (telada) para assistir tv. Solução seria migração para a banda Ku.

Fim das parabólicas sendo especulado na mídia.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #110
29/08/2019, 19:09

Rodrigo Alves escreveu:
https://triangulonoticias.com/interferencia-do-5g-pode-levar-ao-fim-das-antenas-parabolicas/

Interferência do 5G pode levar ao fim das antenas parabólicas

22 milhões de brasileiros usam a antena parabólica de banda C (telada) para assistir tv. Solução seria migração para a banda Ku.

Fim das parabólicas sendo especulado na mídia.


OK, mas eu fiquei pensando com a cabeça, e me veio a seguinte dúvida duvidosa: A Banda C acabaria no C2 ou no C1 e C3 também??? Só o C2 tem Banda C???? O próximo satélite a ser lançado D2, terá muitos transponders em Banda C.

Além disso, quais outros satélites transmitem em Banda C, que seriam afetados com esta tal "mudança" propondo o fim da Banda C, por causa do 5G????

O fim da Banda C para transmissão de sinal de TV deveria ser um processo gradual, com prazo de até 1 ano para que todos, emissoras de TV, usuários de antenas parabólicas, retransmissoras, escolas, bancos, etc, pudessem fazer a transição, mas sinceramente, eu não acredito no fim da Banda C para agora. Para o futuro sim, mas para já, até 2023??? Não, não acredito.

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


J
Arapiraca - Alagoas
br.gif
Mensagem: #111
29/08/2019, 19:31

Rodrigo Alves escreveu:
https://triangulonoticias.com/interferencia-do-5g-pode-levar-ao-fim-das-antenas-parabolicas/

Interferência do 5G pode levar ao fim das antenas parabólicas

22 milhões de brasileiros usam a antena parabólica de banda C (telada) para assistir tv. Solução seria migração para a banda Ku.

Fim das parabólicas sendo especulado na mídia.


Fim da parabólica,acredito que não,pois devem continuar pra fins profissionais com antenas maiores ou talvez lancem no mercado lnbf com filtro 5g.

O que pode acontecer é o SES 10 ser usado como uma opção para os usuários,caso as interferências venham atingir as parabólicas.

Nem sei se todas as frequências seriam afetadas ou apenas as que estão abaixo de 3,7Mhz.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Francisco Crispim
Itajaí - SC
br.gif
Mensagem: #112
29/08/2019, 19:48
Administrador

Rodrigo Alves escreveu:
https://triangulonoticias.com/interferencia-do-5g-pode-levar-ao-fim-das-antenas-parabolicas/

Interferência do 5G pode levar ao fim das antenas parabólicas

22 milhões de brasileiros usam a antena parabólica de banda C (telada) para assistir tv. Solução seria migração para a banda Ku.

Fim das parabólicas sendo especulado na mídia.



"UMA GRANDE NOTÍCIA FALSA"

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


JUNIOR FERNANDO
ROCA SALES - RS
br.gif
Mensagem: #113
29/08/2019, 20:50

Gente, não dá para acabar com a transmissão da banda c para fins domésticos, isso seria lamentável e completamente descabível,poxa, eu assisto banda C todos os dias e fico pensando "cá com meus botões", que imagem belíssima, e os caras querem acabar com ela por conta de uma tecnologia que creio só funcionará à exemplo do sinal terrestre digital nos grandes centros, é uma piada se isso realmente vier à acontecer, só no Brasil, então joga na banda planejada de uma vez e ponto, acabar com parabólica não dá, querem alimentar ainda mais a pirataria, o gente que não usa a cabeça, fala sério.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #114
30/08/2019, 08:05

Francisco Crispim escreveu:
Rodrigo Alves escreveu:
https://triangulonoticias.com/interferencia-do-5g-pode-levar-ao-fim-das-antenas-parabolicas/

Interferência do 5G pode levar ao fim das antenas parabólicas

22 milhões de brasileiros usam a antena parabólica de banda C (telada) para assistir tv. Solução seria migração para a banda Ku.

Fim das parabólicas sendo especulado na mídia.



"UMA GRANDE NOTÍCIA FALSA"

De fato, o normal é usar a banda C a partir de 3,7GHz.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #115
30/08/2019, 08:11

JUNIOR FERNANDO escreveu:
Gente, não dá para acabar com a transmissão da banda c para fins domésticos, isso seria lamentável e completamente descabível,poxa, eu assisto banda C todos os dias e fico pensando "cá com meus botões", que imagem belíssima, e os caras querem acabar com ela por conta de uma tecnologia que creio só funcionará à exemplo do sinal terrestre digital nos grandes centros, é uma piada se isso realmente vier à acontecer, só no Brasil, então joga na banda planejada de uma vez e ponto, acabar com parabólica não dá, querem alimentar ainda mais a pirataria, o gente que não usa a cabeça, fala sério.

Amigo, não existe banda C DTH em lugar algum do Mundo ; é tudo Ku, FTA ou pago. De uma olhada em www.lyngsat.com e veja os satélites que servem aos EUA, Europa e Asia. São centenas de canais FTA ao publico, tudo Ku. Não tem ninguem ,exceto aficionados pesquisadoes, com recepção banda C por la. Band C pegou aqui no Brasil porque o pessoal ficou caroneando os links analogicos das primeiras emissões brasileiras, desde o tempo que a Embratel alugava espaço da Intelsat.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


J
Arapiraca - Alagoas
br.gif
Mensagem: #116
30/08/2019, 08:18

O mais interessante nesse novo capítulo,é saber que o D2 poderá ser captado com antena abaixo de um metro.


Segundo Lincoln Oliveira, diretor geral da Embratel Star One, há exagero no debate. “Estão fazendo uma celeuma. A solução existe”, diz. A seu ver, com a potência maior do novo satélite, antenas com menos de 1 metro de diâmetro poderão captar tranquilamente o sinal da banda C. A maioria das antenas brasileiras têm diâmetro maior. “Em vez de migrar para a banda Ku, que teria um custo, estimamos, de R$ 650 por domicílio, bastaria trocar a LNBF das antenas, a um custo de R$ 150”, afirma o executivo. LNBF é o equipamento que fica na ponta da parabólica e capta o sinal vindo do satélite.


http://www.telesintese.com.br/estao-fazendo-uma-celeuma-diz-diretor-embratel-sobre-a-interferencia-da-5g-na-banda-c/?fbclid=IwAR0wC5CXCO7eAhZgb6dre4J1skJslWeugkYZbrSMv6Cf2B23QZZLdyghVNU

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Rodrigo Alves
Augustinópolis - Tocantins
br.gif
Mensagem: #117
30/08/2019, 09:57

A especulação sobre o fim das parabólicas é muito grande, vários interesses envolvidos, mas é claro que a transmissão de tv aberta banda c para o público não vai acabar da noite para o dia, levará anos para isso ocorrer. Ainda há o fato de que o 5G começará a funcionar nas cidades grandes, onde o número de usuários de parabólica é muito pequeno, nas cidades pequenas o 5G deve demorar bastante pra chegar, talvez mais de 5 anos.
Dessa forma a interferência em 3,5Ghz deve ser mínima, sentida apenas em quem usa parabólica em cidades grandes. Seria bom se houvesse oferta de canais abertos em banda Ku, juntamente com a banda C, assim começaríamos a ver uma migração pra Ku, de mais fácil captação e mais barata pra usuário final.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Lenildo da Silva
São José de Piranhas - Paraíba
Mensagem: #118
30/08/2019, 11:11

A faixa de 3,5 GHz é essencial para a entrada do 5G no Brasil. Mas, como é uma frequência alta, não consegue chegar em áreas rurais, por exemplo, a menos que as operadoras instalem ERBs nessas localidades, o que acho muito improvável. Aqui mesmo onde moro só há 3 antenas, uma da Claro, outra da TIM e outra da Vivo. Não existe ERBs em áreas rurais do município. Portanto, acho pouco provável que as áreas rurais, onde se concentra um percentual elevado de parabólicas em banda C, sejam afetadas pela chegada do 5G.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #119
30/08/2019, 12:42

Estou em cidade de 120 mil habitantes da Região dos Lagos RJ. São 120 km de rodovia da Capital. Meu bairro fica a 2 km do Centro. Pois bem, o 4G de nenhuma operadora me chega aqui, nem do lado de fora da casa. Imaginem falar em 5G . Quando falam nessas novidades, imaginam só as regiões metropolitanas dos grandes centros. Quanto ao substituto do C2 (banda C) com antenas menores de 1 metro, então pomos as atuais off set de 90cm, que dão mais ganho do que as focais. Só que um LNB off set banda C é figurinha rara.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Lenildo da Silva
São José de Piranhas - Paraíba
Mensagem: #120
30/08/2019, 13:02

HeitorPosada escreveu:
Estou em cidade de 120 mil habitantes da Região dos Lagos RJ. São 120 km de rodovia da Capital. Meu bairro fica a 2 km do Centro. Pois bem, o 4G de nenhuma operadora me chega aqui, nem do lado de fora da casa. Imaginem falar em 5G . Quando falam nessas novidades, imaginam só as regiões metropolitanas dos grandes centros. Quanto ao substituto do C2 (banda C) com antenas menores de 1 metro, então pomos as atuais off set de 90cm, que dão mais ganho do que as focais. Só que um LNB off set banda C é figurinha rara.


E olha que o 4G opera em frequências mais baixas, que se propagam com mais facilidade, imagine então o 5G em 3,5 GHz.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Página 6 de 9 Pág. Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Próximo
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
  • VCFAZ
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br