f Portal BSD: Satélite - TV Digital - IPTV - 3DTV - SATÉLITE SES 10 - 67.0º W - para comentários geral.

SatClube Fórum Patrocinado Por

Você está no fórum Satélite
Apoie-nos!!!

Doe mais que seu tempo e ajude o PORTAL BSD a se manter em atividade. Aqui, compartilhamos o conhecimento, mas precisamos dividir, igualmente, os custos do site.

CLIQUE AQUI e saiba mais detalhes de como nos ajudar.


Responder tópico
SATÉLITE SES 10 - 67.0º W - para comentários geral.
Pág. Anterior  1, 2, 3 ... , 14, 15, 16  Próximo

HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #281
04/09/2019, 11:39

Só não podem entrar em HEVC porque os receptores das empresas brasileiras são todos H264 / MPEG4. E mesmo que estes H265 começassem a aparecer, seriam bem mais caros e quem tem dos outros não iria ou não poderia gastar dinheiro. Basta ver os ultimos lançamentos Elsys Totalmax e Century B4, com Sat HD Regional. Ja é dificil paassar a turma do analogico do C2 para digital; mil vezes pior ir mais adiante para Ku e ainda colocar HVEC no meio.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #282
04/09/2019, 14:48

JUNIOR FERNANDO escreveu:
Fico aqui pensando, com essa evolução da tecnologia, será que logo logo não teremos mais nenhuma transmissão via satélite?

Amigo, por onde trafegariam esses outros sistemas, como a Internet ? Internet não é sistema de transmissão e sim um modo. Ela necessita de meios como via ar ou cabos. Via ar, satélites e radio em geral. Como a Internet chega a nós ? Logico que por cabo ou radio . E antes ela trafega por satélites e cabos de fibra otica.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


JUNIOR FERNANDO
ROCA SALES - RS
br.gif
Mensagem: #283
04/09/2019, 22:23

mjorge escreveu:
Saiu essa notícia há alguns dias:

Tele Síntese escreveu:

SES LANÇA SERVIÇO EM BANDA KU PARA ATRAIR USUÁRIO DA TV COM PARABÓLICA

FTA em Ku deve atender a canais que não conseguem seu espaço na banda C.

Enquanto os debates sobre que solução adotar para resolver a interferência causada pelo uso da frequência de 3,5 GHz com telefonia móvel na banda C avançam, já há quem se prepare para a possível mudança de canais de TV aberta por satélite atualmente em banda C para a banda Ku. É o caso da SES.

A operadora de satélites lançou nesta semana no Brasil o FTA Ku, um serviço de transmissão de sinal de TV aberta por satélite em banda Ku. O serviço funcionará a partir do satélite SES-10, que fica na posição 67º W.

Segundo Jurandir Pitsch, vice-presidente da SES na América Latina, o lançamento não tem relação com as discussões em torno do próximo leilão de frequências para 5G organizado pela Anatel. É motivado apenas pela observação das tendências de mercado.

“Como o volume de antenas produzidas em banda Ku é muito maior, o preço da Ku é menor. A tendência é que fabricantes parem de fazer antena doméstica para banda C, já que TVRO nessa frequência só existe no Brasil, enquanto em Ku é usada no mundo inteiro”, afirma.

Para o executivo, o produto deve atrair canais de TV que não conseguiram ser distribuídos por banda C. “É um produto para quem não consegue entrar na Banda C porque não tem espaço ou porque é muito caro. Canais religiosos, internacionais em língua estrangeira [são potenciais clientes]”, diz.

O FTA Ku já é vendido às emissoras de TV aberta da Europa e da África. O sucesso lá fora levou a operadora a trazer a oferta para o Brasil. Aqui, diz Pitsch, já existe uma base grande de usuários Ku que poderiam se beneficiar comprando um decodificador novo, por exemplo. Outra oportunidade, a seu ver, é complementar a sintonia de quem usa banda C.

“Usando uma chavinha diseqc, todos os decodificadores de banda C hoje no mercado conseguem escolher automaticamente entre o sinal Ku ou de banda C quando o usuário muda de canal”, exemplifica.

5G E INTERFERÊNCIAS
A interferência do sinal 5G em 3,5 GHz levou a Anatel a fazer uma consulta com operadoras de satélite sobre sua capacidade em receber canais na banda Ku. A migração da TVRO em banda C para a Ku é a principal proposta dos radiodifusores, representados por Abert e Abratel, mas rechaçada pela Embratel.

Pitsch diz que a SES também foi consultada, mas ainda não enviou suas respostas. As perguntas buscam entender quanta capacidade em banda Ku existe hoje nos satélites que atendem o Brasil, sejam de posições orbitais nossas, sejam estrangeiras.

Para a solução FTA em Ku, a SES separou seis transponders do SES-10. Para deslocar a capacidade da TVRO brasileira hoje, estima-se o uso de 7 a 8 transponders, desde que haja conversão do sinal analógico para o digital e com compressão HVC. Mas essa transferência pura e simples para liberar a banda C não interessa também à SES.

“Como operadora de satélite de banda C, defendemos o espectro, principalmente para as aplicações mais profissionais: a distribuição para os cabos [distribuidoras de TV paga], para as cabeceiras de rede [emissoras de TV aberta], as DTHs [TV paga satelital]. Então é importante que esse mercado prevaleça”, diz.

Ainda assim, ele lembra que a migração para a banda Ku é tecnicamente possível, mesmo que a capacidade seja dividida entre múltiplos satélites. “Na Europa é comum o conceito de multifeed, em que a antena capta o sinal de múltiplos satélites. Isso é possível, desde que os satélites estejam próximos até 4,5º entre si”, diz.

Traduzindo: o principal satélite em banda C hoje é o Star One C2, que será substituído ano que vem pelo Star One D2 na posição 70ºW. O SES-10 está na posição 67ºW. Uma antena Ku é capaz de captar os sinais de ambos, uma vez que estão a uma distância de apenas 3º um do outro.


Link da notícia: http://www.telesintese.com.br/ses-lanca-servico-para-tvro-em-banda-ku-no-brasil/

Mais do que confirmando, a SES está com o serviço de TV aberta via banda Ku, com 6 TPs exclusivos para isso! Falta agora as emissoras se interessarem, pois eu também acho que a banda Ku é mais indicada para uso doméstico, enquanto a banda C é mais apropriada para uso profissional. Quem mora em apartamento, por exemplo, se beneficiaria se os principais canais abertos já estivessem em Ku, no SES 10.


Não é bem assim, enquanto que uma parabólica atende um prédio inteiro dividindo o sinal de forma coletiva, banda ku não tem como se tornar uma antena coletiva, nesse caso, cada morador teria que ter a sua, ou então com lnbfs com várias saídas, mesmo assim cada morador teria que ter o cabo descendo desde o topo do prédio até em seu ap,bem mais complicado usar ku do que C em prédios.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Kinho Salvi
Videira - Sc
br.gif
Mensagem: #284
04/09/2019, 22:40

JUNIOR FERNANDO escreveu:
mjorge escreveu:
Saiu essa notícia há alguns dias:

Tele Síntese escreveu:

SES LANÇA SERVIÇO EM BANDA KU PARA ATRAIR USUÁRIO DA TV COM PARABÓLICA

FTA em Ku deve atender a canais que não conseguem seu espaço na banda C.

Enquanto os debates sobre que solução adotar para resolver a interferência causada pelo uso da frequência de 3,5 GHz com telefonia móvel na banda C avançam, já há quem se prepare para a possível mudança de canais de TV aberta por satélite atualmente em banda C para a banda Ku. É o caso da SES.

A operadora de satélites lançou nesta semana no Brasil o FTA Ku, um serviço de transmissão de sinal de TV aberta por satélite em banda Ku. O serviço funcionará a partir do satélite SES-10, que fica na posição 67º W.

Segundo Jurandir Pitsch, vice-presidente da SES na América Latina, o lançamento não tem relação com as discussões em torno do próximo leilão de frequências para 5G organizado pela Anatel. É motivado apenas pela observação das tendências de mercado.

“Como o volume de antenas produzidas em banda Ku é muito maior, o preço da Ku é menor. A tendência é que fabricantes parem de fazer antena doméstica para banda C, já que TVRO nessa frequência só existe no Brasil, enquanto em Ku é usada no mundo inteiro”, afirma.

Para o executivo, o produto deve atrair canais de TV que não conseguiram ser distribuídos por banda C. “É um produto para quem não consegue entrar na Banda C porque não tem espaço ou porque é muito caro. Canais religiosos, internacionais em língua estrangeira [são potenciais clientes]”, diz.

O FTA Ku já é vendido às emissoras de TV aberta da Europa e da África. O sucesso lá fora levou a operadora a trazer a oferta para o Brasil. Aqui, diz Pitsch, já existe uma base grande de usuários Ku que poderiam se beneficiar comprando um decodificador novo, por exemplo. Outra oportunidade, a seu ver, é complementar a sintonia de quem usa banda C.

“Usando uma chavinha diseqc, todos os decodificadores de banda C hoje no mercado conseguem escolher automaticamente entre o sinal Ku ou de banda C quando o usuário muda de canal”, exemplifica.

5G E INTERFERÊNCIAS
A interferência do sinal 5G em 3,5 GHz levou a Anatel a fazer uma consulta com operadoras de satélite sobre sua capacidade em receber canais na banda Ku. A migração da TVRO em banda C para a Ku é a principal proposta dos radiodifusores, representados por Abert e Abratel, mas rechaçada pela Embratel.

Pitsch diz que a SES também foi consultada, mas ainda não enviou suas respostas. As perguntas buscam entender quanta capacidade em banda Ku existe hoje nos satélites que atendem o Brasil, sejam de posições orbitais nossas, sejam estrangeiras.

Para a solução FTA em Ku, a SES separou seis transponders do SES-10. Para deslocar a capacidade da TVRO brasileira hoje, estima-se o uso de 7 a 8 transponders, desde que haja conversão do sinal analógico para o digital e com compressão HVC. Mas essa transferência pura e simples para liberar a banda C não interessa também à SES.

“Como operadora de satélite de banda C, defendemos o espectro, principalmente para as aplicações mais profissionais: a distribuição para os cabos [distribuidoras de TV paga], para as cabeceiras de rede [emissoras de TV aberta], as DTHs [TV paga satelital]. Então é importante que esse mercado prevaleça”, diz.

Ainda assim, ele lembra que a migração para a banda Ku é tecnicamente possível, mesmo que a capacidade seja dividida entre múltiplos satélites. “Na Europa é comum o conceito de multifeed, em que a antena capta o sinal de múltiplos satélites. Isso é possível, desde que os satélites estejam próximos até 4,5º entre si”, diz.

Traduzindo: o principal satélite em banda C hoje é o Star One C2, que será substituído ano que vem pelo Star One D2 na posição 70ºW. O SES-10 está na posição 67ºW. Uma antena Ku é capaz de captar os sinais de ambos, uma vez que estão a uma distância de apenas 3º um do outro.


Link da notícia: http://www.telesintese.com.br/ses-lanca-servico-para-tvro-em-banda-ku-no-brasil/

Mais do que confirmando, a SES está com o serviço de TV aberta via banda Ku, com 6 TPs exclusivos para isso! Falta agora as emissoras se interessarem, pois eu também acho que a banda Ku é mais indicada para uso doméstico, enquanto a banda C é mais apropriada para uso profissional. Quem mora em apartamento, por exemplo, se beneficiaria se os principais canais abertos já estivessem em Ku, no SES 10.


Não é bem assim, enquanto que uma parabólica atende um prédio inteiro dividindo o sinal de forma coletiva, banda ku não tem como se tornar uma antena coletiva, nesse caso, cada morador teria que ter a sua, ou então com lnbfs com várias saídas, mesmo assim cada morador teria que ter o cabo descendo desde o topo do prédio até em seu ap,bem mais complicado usar ku do que C em prédios.

Tem sim.
Ja vi varios relatos de moradores de predios que tem instalação coletiva da Sky por exemplo mas o morador quer assinar Oi.
Ai não tem como mesmo, mas tem como fazer instalação coletiva sim.
Eu aqui, em casa de dois andares, fiz instalação da Oi com LNB otimizado V/H, coloquei duas chaves que me da a possibilidade de 8 pontos, essa chave é ligada em cascata o que da pra instalar mais uma e ter 12 pontos e assim por diante.
Sky tbm da essa possibilidade com o LNB faixa larga de duas saidas e com chaves V/H.
Não sei como é da Claro.
Se a TV aberta banda ku se concretizar pode ter certeza que havera opção de instalação coletiva

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #285
04/09/2019, 23:30

Existe instalação coletiva para banda Ku! A questão é que ela exige o uso de chaves que somente profissionais de fato conhecem. Já vi muita instalação "coletiva" em banda C que é somente um LNBF multiponto conectado a um bocado de divisores de sinal, com várias perdas de sinal e todo mundo insatisfeito Confused .

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #286
05/09/2019, 07:36

Tem uns LNB Ku ( off set) que tem uma quantidade grande de saidas. Alias, vi no e-shop do Crispin um LNB banda C, que ja vai de 3.600 a 4.800 MHz; ou seja, atinge a Banda Planejada . Antes só tinha separado, de 4.200 a 4.800, o que traz problemas quando existe na mesma posição satélite de 3.600 a 4.200, como nos 65 W.
HVEC, Banda Planejada, tudo para provocar constantes trocas de equipamentos e de maneira muito rapida. Ja tive de jogar fora receptores analogicos e ate varios ja digitais mas DVB S MPEG2. E DVB S alguns mais antigos, quando eram muito caros, equivalente hoje a 500 reais. Nem convencemos ainda o publico a passar dos analogicos do C2 para os digitais, mas ja com receptores H264 e e aparece o sistema H265. O Terrestre ainda nem se completou em HD, MPEG4 (dizem que no Japão é MPEG2) e falam em 4k H265. Na listagem de ataluzações aqui do site, apareceram até repetidoras da Record em analogico ! Um contrasenso, quando estão eliminando esse tipo de transmissão.
Alem da impulsão a banda Ku FTA; todavia nesse segundo caso uma vantagem, pois se usa antenas de 60 cm, pequenas e baratas.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #287
05/09/2019, 16:28

HeitorPosada escreveu:
Alem da impulsão a banda Ku FTA; todavia nesse segundo caso uma vantagem, pois se usa antenas de 60 cm, pequenas e baratas.


Eu estou torcendo para que a Banda C acabe de vez no Brasil, antes do lançamento do Satélite StarOne D2. Assim, eu posso mandar retirar as minhas duas antenas Santa Rita 2,85 mts do telhado e mandar para o ferro velho.

Aqui só se falar em "vantagens na Banda Ku". Mas falar isso para a ANATEL e a dona dos satélites StarOne ninguém fala.

Se a Banda C continuar existindo por mais 10 anos, eu continuo com a Banda C, para alguns canais que permanecerem no principal satélite do Brasil, C2, D2, etc...

Se ela desaparecer, me contento com o Digital Terrestre que me atende bem, com todos os canais abertos FTA.

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Kinho Salvi
Videira - Sc
br.gif
Mensagem: #288
05/09/2019, 16:57

Walter Sandes escreveu:
HeitorPosada escreveu:
Alem da impulsão a banda Ku FTA; todavia nesse segundo caso uma vantagem, pois se usa antenas de 60 cm, pequenas e baratas.


Eu estou torcendo para que a Banda C acabe de vez no Brasil, antes do lançamento do Satélite StarOne D2. Assim, eu posso mandar retirar as minhas duas antenas Santa Rita 2,85 mts do telhado e mandar para o ferro velho.

Aqui só se falar em "vantagens na Banda Ku". Mas falar isso para a ANATEL e a dona dos satélites StarOne ninguém fala.

Se a Banda C continuar existindo por mais 10 anos, eu continuo com a Banda C, para alguns canais que permanecerem no principal satélite do Brasil, C2, D2, etc...

Se ela desaparecer, me contento com o Digital Terrestre que me atende bem, com todos os canais abertos FTA.

Abs,
Walter - Very Happy

Desaprecer não vai pois é sinal de serviço entre geradora, programadora e operadora.
O que pode acontecer, mas acho que só depois do fim do analogico, é que todos as geradoras codifiquem o sinal digital na banda c que passaria a ser exclusivo para a distribuição do sinal para as afiliadas e retransmissoras locais.
Nisso a Star One não pode interferir pois a decisão é de quem gera o canal e aluga o espaço no satelite.
Quem sabe apartir dai possamos sonhar com a tv aberta banda ku em outro satelite ou até algum da Star One.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #289
05/09/2019, 18:12

Na banda C do C2 tem canais que visam o publico: Mundo Maior, Reve Vida, Aparecida ,Mux do Boi, Rede Familia, Canção Nova e outros.Eles usam o C2 C porque é para onde estão apontadas a maioria das antenas para sat. FTA. Se não ja usariam Ku há tempos.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #290
05/09/2019, 18:58

Kinho Salvi escreveu:
O que pode acontecer, mas acho que só depois do fim do analogico, é que todos as geradoras codifiquem o sinal digital na banda c que passaria a ser exclusivo para a distribuição do sinal para as afiliadas e retransmissoras locais.


Sério mesmo??? Nossa, mas isto é muito preocupante mesmo.
Quer dizer então que todas as geradoras irão codificar o seu sinal digital, como a TV Século XXI, Canção Nova, TV Mundo Maior, Gazeta, Shoptime, Polishop e tantas outras menores vão codificar o seu sinal digital para o usuário de antena parabólica comum, só porque o sinal agora é digital??? É sério isto???

Rapaz, já vou mandar desmontar a minha antena parabólica Banda C, e jogar no lixo, depois desta "sua informação", que não existe em lugar nenhum. Kkkkkkkkkkkkkk!!!!

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Kinho Salvi
Videira - Sc
br.gif
Mensagem: #291
05/09/2019, 19:05

Walter Sandes escreveu:
Kinho Salvi escreveu:
O que pode acontecer, mas acho que só depois do fim do analogico, é que todos as geradoras codifiquem o sinal digital na banda c que passaria a ser exclusivo para a distribuição do sinal para as afiliadas e retransmissoras locais.


Sério mesmo??? Nossa, mas isto é muito preocupante mesmo.
Quer dizer então que todas as geradoras irão codificar o seu sinal digital, como a TV Século XXI, Canção Nova, TV Mundo Maior, Gazeta, Shoptime, Polishop e tantas outras menores vão codificar o seu sinal digital para o usuário de antena parabólica comum, só porque o sinal agora é digital??? É sério isto???

Rapaz, já vou mandar desmontar a minha antena parabólica Banda C, e jogar no lixo, depois desta "sua informação", que não existe em lugar nenhum. Kkkkkkkkkkkkkk!!!!

Abs,
Walter - Very Happy

Cara....
Tudo o que falamos é hipotetico.
Tudo é possivel quem sabe o futuro?
Tudo é feito por conveniencia.
Se as grandes fecharem, digo, Globo, Sbt, Record, Band, RedeTv (SBT ja esta fechado). E migrarem um sinal aberto para banda ku ou outro satelite vc acha que as "pequenas" vao ficar?
Ninguem que tem parabolica para assistir esses canais que vc citou. Eles vem no conjunto.
Mas ninguem aqui é dono da verdade e sabe o que vai acontecer.
É opinião, tentando imaginar um cenario possivel.
Respeito sua opinião até pq concordo com vc e acho dificil em um futuro proximo acontecer isso.
Mas a população que asssite tv aberta esta envelhecendo, os mais jovens não veem mais tv, muito menos aberta.
Então vamos aguardar.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


IgorSl
São Luís - Maranhão
br.gif
Mensagem: #292
05/09/2019, 23:00

HeitorPosada escreveu:
Na banda C do C2 tem canais que visam o publico: Mundo Maior, Reve Vida, Aparecida ,Mux do Boi, Rede Familia, Canção Nova e outros.Eles usam o C2 C porque é para onde estão apontadas a maioria das antenas para sat. FTA. Se não ja usariam Ku há tempos.



Falou certo mas são poucas comparado pela quantidade total disponível, são puas que se importam com esse público, outras por aí estão na situação tanto faz ou estão nem aí pra usuário de parabólica e quem capta a mesma, algumas estão no " tem analógico disponível capte esse sinal", isso pra quem tem analógico transmitindo ainda.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #293
06/09/2019, 07:27

IgorSl escreveu:
HeitorPosada escreveu:
Na banda C do C2 tem canais que visam o publico: Mundo Maior, Reve Vida, Aparecida ,Mux do Boi, Rede Familia, Canção Nova e outros.Eles usam o C2 C porque é para onde estão apontadas a maioria das antenas para sat. FTA. Se não ja usariam Ku há tempos.



Falou certo mas são poucas comparado pela quantidade total disponível, são puas que se importam com esse público, outras por aí estão na situação tanto faz ou estão nem aí pra usuário de parabólica e quem capta a mesma, algumas estão no " tem analógico disponível capte esse sinal", isso pra quem tem analógico transmitindo ainda.

Canção Nova é um claro exemplo, pois tem seu MUX no SES6, que não é sat. usado pelo publico e ainda mais os sinais por la são para antenas maiores. Então entraram no C2 com um só canal, visando o publico.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


naldoli
campo grande - MS
br.gif
Mensagem: #294
07/09/2019, 11:52

Meu visiontecvt1000hd tá abrindo as 2 globos no ses10 a nacional e a Nordeste no c2 tá cadastrado a Rpc .Alguém q tenha ele tá conseguindo também?

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #295
07/09/2019, 12:00

naldoli escreveu:
Meu visiontecvt1000hd tá abrindo as 2 globos no ses10 a nacional e a Nordeste no c2 tá cadastrado a Rpc .Alguém q tenha ele tá conseguindo também?

Deve ser porque as vezes eles tiram as codificações momentaneamente. ;ja a nacional e Novo Tempo estavama sem audio e video no SES10.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


alvaroednilson
- Alagoas
br.gif
Mensagem: #296
08/09/2019, 13:51

naldoli escreveu:
Meu visiontecvt1000hd tá abrindo as 2 globos no ses10 a nacional e a Nordeste no c2 tá cadastrado a Rpc .Alguém q tenha ele tá conseguindo também?


Testei aqui com um receptor comum e ambas estão codificadas, ainda estão abrindo em seu sathd?

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


naldoli
campo grande - MS
br.gif
Mensagem: #297
08/09/2019, 22:41

Continua abrindo normal á Globo nacional e a Nordeste no vt1000hd q estranho

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #298
08/09/2019, 22:58

A nacional, nos Sat HD Regional, sem audio e video há varias semanas, assim como a NT. No SES10.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


alvaroednilson
- Alagoas
br.gif
Mensagem: #299
09/09/2019, 06:36

naldoli escreveu:
Continua abrindo normal á Globo nacional e a Nordeste no vt1000hd q estranho


Deve ser algum bug como nos antigos TVDR que conseguiam abrir outras afiliadas.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #300
09/09/2019, 07:25

No momento, tanto a Globo Nacional quanto a Globo Nordeste estão aparecendo como codificadas no meu MidiaBox B2, que está liberado para a Globo Nacional no C2. Além disso, a TV Novo Tempo segue com tela preta.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Página 15 de 16 Pág. Anterior  1, 2, 3 ... , 14, 15, 16  Próximo
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
  • VCFAZ
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br